Diretório debate conjuntura e lança calendário para pré-candidatos

Diretório debate conjuntura e lança calendário para pré-candidatos
4 de Maio de 2016 PT Jundiaí

Diretório debate conjuntura e lança calendário para pré-candidatos

A reunião de Diretório realizada na noite desta segunda-feira (2) foi palco de debate sobre a conjuntura histórica que o país atravessa, levando a militância petista a um momento de reflexão e desabafo. Com conteúdo e argumentos notáveis, os membros do Diretório aproveitaram para fazer uma análise sobre o golpe em curso e as mobilizações que acontecem em todo o Brasil. O presidente Arthur Augusto abordou a força de mobilização da Frente Brasil Popular, que tem ampliado o canal de diálogo com os movimentos populares. “O ato realizado na Praça Erazê Martinho (Ponte Torta), no dia 15/4, foi um marco para a história da esquerda local”, disse o presidente, lembrando que as ações da FBP irão além do processo de impeachment. “A Frente, que já se constituiu em nível nacional e estadual, é de suma importância porque unifica movimentos populares, sindicais e culturais, militantes da juventude, feministas, movimento negro, LGBT e partidos políticos orientados pela esquerda. A proposta é prosseguir com as mobilizações mesmo após o processo de impeachment”.

Segundo Arthur, as mobilizações levaram o PT ao resgate de suas origens. “As pessoas se doaram para essa ação. Muita gente, de vários movimentos, como os de Cultura, pediu para fazer parte da mobilização e panfletar junto com a Frente. Um movimento de resistência que nos fortalece num momento tão importante”.

A Secretária de Formação do PT Jundiaí, Rosaura Almeida, ressaltou a importância da linguagem na atual conjuntura. “É preciso ressaltar que não é impeachment. É golpe. E o que vamos viver daqui em diante é um aprofundamento da crise para os mais pobres. Um momento inédito de um golpe parlamentar com o qual não temos experiência”, avalia.

Marcos Boriero, Secretário de Movimentos Populares do PT, lembra que desde o ano passado o Partido tem se mobilizado contra o golpe, a exemplo dos atos realizados na Câmara Municipal. “O PT deu um grande impulso para os atos que acontecem hoje nas ruas. É importante manter essa força de mobilização”.

“Continuamos sendo o maior partido do país”, destacou Sergio Aguiar, vice-presidente do PT local. “A meta dos golpistas é acabar com o PT. E a saída dessa crise passa pela guinada do PT à esquerda”.

Eleições 2016

O encontro também deliberou o calendário de reuniões com os pré-candidatos que concorrerão às vagas do Legislativo. No próximo dia 7 de maio acontece o primeiro encontro dos pré-candidatos a vereadores pelo PT de Jundiaí, ocasião em que o Partido vai ouvir a expectativa de cada um, reafirmando o compromisso do Partido dos Trabalhadores com a democracia e com os avanços sociais promovidos pelos governos Lula e Dilma. No dia 20 de maio acontece reunião de formação, na qual serão esclarecidas dúvidas sobre prazos e o que determina a legislação eleitoral para 2016. As duas reuniões acontecem na sede do Diretório e terão início às 9h30.

Assessoria PT Jundiaí

3 4 5 6 7 8 9

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*