Marilena Negro pede impugnação de pesquisa

Marilena Negro pede impugnação de pesquisa
12 de setembro de 2016 Assessoria de Imprensa

Marilena Negro pede impugnação de pesquisa

A candidata a prefeita de Jundiaí, a vereadora Marilena Negro, pediu à Justiça Eleitoral a impugnação da pesquisa divulgada neste domingo pelo “Jornal da Cidade”. A candidata disse que foi “pesquisa eleitoral viciada e com propósitos eleitoreiros”, feita pela ERICA REGINA ANÁLISE & PESQUISA LTDA ME.

Por meio do advogado, doutor Erazê Sutti, a candidata destaca que o “Jornal da Cidade” pagou por uma pesquisa, sendo que não tem dinheiro para saldar suas dívidas com os funcionários e, muito menos para comprar papel jornal para impressão diária. Diz ainda que, em um galpão há milhares de exemplares para serem distribuídos em Jundiaí e que devem ser apreendidos pela Justiça.

Marilena Negro disse que basta fazer comparativo das edições anteriores do jornal, para ver que o Jornal da Cidade não tinha circulação tão grande, como a deste domingo.

O pedido da vereadora foi protocolado na Justiça, para o juiz Jefferson Barbin Torelli – que na sexta-feira concordou com pedido de Ricardo Benassi, de proibição da divulgação da pesquisa devido suspeitas de vícios de irregularidades.

O prefeito Pedro Bigardi também entrou com pedido contra a pesquisa, que não apresentava dados concretos, com suspeita de manipulação.

O PPS divulgou na noite deste domingo que está pedindo ao juiz providências criminais aos responsáveis pela divulgação da pesquisa, já que ficou caracterizado crime de desobediência.

fonte: Jornal da Região

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*