Militância petista e movimentos sociais de Jundiaí e região participam da Marcha dos 100 mil

Militância petista e movimentos sociais de Jundiaí e região participam da Marcha dos 100 mil
17 de dezembro de 2015 Assessoria de Imprensa

 

A Avenida Paulista ficou tomada por uma multidão com mais de 100 mil pessoas protestando em defesa da democracia e contra o golpe.

A CUT, centrais sindicais, partidos e movimentos sociais se organizaram para defender, em primeiro lugar, o conceito de democracia. A militância petista de Jundiaí e região, e lideranças sindicais, partidárias e de movimentos sociais estiveram presentes à manifestação com milhares de pessoas entoando palavras de ordem como “Fora Cunha!”, “Fica Dilma” e “Não vai ter golpe!”

As lideranças lembraram que, segundo os mais renomados juristas do Brasil, não há base jurídica para que um impeachment transcorra porque não há nenhuma acusação de crime contra a presidenta Dilma Rousseff.

Para o presidente do PT Jundiaí, a manifestação já é considerada um fato histórico. “Foi um dia para entrar na historia, com muita garra e mobilização que há tempos não se via. A militância do PT, partidos de esquerda e movimentos sociais foram às ruas mostrar que haverá resistência a qualquer tipo de golpe. Portanto ficaremos em estado de mobilização permanente. E, se necessário, ocuparemos as ruas novamente”, disse.

De acordo com a CUT, as manifestações dessa quarta-feira em todo o país superaram em número de participantes as do último domingo e confirmam que o povo brasileiro não quer a quebra da ordem democrática no Brasil.

As mobilizações contra o golpe, em defesa da democracia e a favor da saída de Eduardo Cunha, prosseguirão até que o processo de impeachment seja definitivamente enterrado, informam os organizadores.

 

1 2 3 4 5 6 7 8 9 11 12 13 14 15 16 17 18

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*